GALERIA DE FOTOS:Palestra de Epilepsia no trabalho:

 

 

O GRUPO DO QUEBRA DO PRECONCEITO, AGRADECEMOS A TODA DIREÇÃO GERAL DO SENAI-CETIQT: DIRETOR GERAL MARCUS FONSECA CARVALHO, GERENTE EXECUTIVO E TECNOLOGIA LEONARDO GARCIA TEIXEIRA MENDES, GERENTE EXECUTIVO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS FERNANDO ROTTA RODRIGUES, GERENTE DE TECNOLOGIA ARIEL PARRINI, COORDENADOR DO CURSO TECNICO LIZANDER LOPES, EQUIPE CIPA: CLOVIS GONZAGA, FABIANE, ALEXANDRE AZEVEDO, ATILA, VINICIUS, RAMOS E OS FUNCIONÁRIOS:ALINE PARRINI, BRUNO E JOÃO E A TODOS OS FUNCIOÁRIOS E ALUNOS QUE DIRETA OU INDIRETAMENTE AJUDARAM ESTE EVENTO MARAVILHO COM O DR. EDUARDO DE SÁ CAMPELLO FAVERET COM MUITO ESCLARECIMENTO DO ASSUNTO DE EPILEPSIA.
PALESTRA SOBRE EPILEPSIA NO SENAI- CETIQT NO DIA 18/05/12 

 

 

Palestra organizada pela CIPA do SENAI/CETIQT NO DIA 18/05/2012. Dr. Eduardo de Sá Campello Faveret falando do tema: Epilepsia e trabalho 

 

 

 

 

CAMISA DA CAMPANHA QUEBRA DO PRECONCEITO.

 

 

 

Pessoas que vestiram a camisa da campanha : QUEBRA DO PRECONCEITO  EPILEPSIA

 

 

 

Professora Cecilia da Faculdade SENAI/CETIQT

 

 

             PROFESSORA SÔNIA DA FACULDADE SENAI/CETIQT

                       

 

 

FUNCIONÁRIA JOANA DO SENAI/CETIQT 

 

 

Mais uma amiga para nossa campanha, Tatiana responsável pela unidade Supera Méier Método, Supera Ginástica para o cérebro do Rio de Janeiro.
O grupo agradece vocês todos.

 

 

 

Nesta foto são nossos parceiros de divulgação da Epilepsia.
São os Diretores Vera e João da escola PPEI DE ensino fundamental localizada na cidade do Rio de janeiro.
Eles vestiram a camisa do nosso GRUPO DO QUEBRA.
Eles já fazem um trabalho de informação e divulgação da Epilepsia para todos os funcionários da escola. Com vídeos e informações passada por nossa amiga de nosso grupo Gabriela Aragão a guerreira.
O grupo do quebra agradece a vocês.

 

 

 

A CASA DE DAVI APOIA A INICIATIVA DO QUEBRA DO PRECONCEITO. ESTAMOS JUNTOS!
A CASA ACEITA DOAÇÕES.
SE VOCÊ TEM LAPTOP OU PROJETOR MULTIMÍDIA EM FUNCIONAMENTO E QUISER DOAR, ENTRE EM CONTATO: 021-2581-8051.
AJUDE O NOSSO PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR COM MATERIAIS ESCOLARES: CADERNOS, CANETAS, LÁPIS ECT.
CASA DE DAVI OBRA SOCIAL - TEL: (021)-2581-8051
RUA MONSENHOR AMORIM, 45 - ENGENHO NOVO.
RIO DE JANEIRO, RJ- BRASIL.
CEP: 20961-000
www.casadedaviobrasocial.com

 

 

 

MANOEL E JOSÉ RENATO

FUNCIONÁRIOS DO SENAI/CETIQT

 

 

       

JOÃO SOARES SIQUEIRA
SELEÇÃO PERNAMBUCANA: EM 1973 A 1977
SELEÇÃO BRASILEIRA JUVENIL DE 1976 A 1979
PARTICIPOU 1976- SUL-AMERICANO ( CAMPEÃO) EM LA PAZ .
1977 - I CAMPEONATO MUNDIAL JUVENIL ( RIO DE JANEIRO)
1978 SUL-AMERICANO ( BI-CAMPEÃO) RIO DE JANEIRO.
1979 SELEÇÃO BRASILEIRA DE NOVOS. JOGOU COM BERNARDINHO,RENAN,MONTANARO,RUY,BADA,FERNANDÃO. 
JOGOU 5 ANOS PELO BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS.
TRI-CAMPEÃO) PELO BOTAFOGO:CAMPEONATO ESTADUAL ADULTO DE VOLEIBOL.

 

 

 

MAIS UMA VEZ O CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA, ESTA NA HISTÓRIA EM RELAÇÃO AO PRECONCEITO.

DESTA VEZ O PRESIDENTE ROBERTO DINAMITE ESTA NA CAMPANHA CONTRA O PRECONCEITO SOBRE OS PORTADORES DE EPILEPSIA NO BRASIL E NO MUNDO.

OBRIGADO ROBERTO DINAMITE. ÍDOLO MAIOR DO CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA.

 

 

PAULO CHUPETA TÉCNICO DE BASQUETE DO FLAMENGO CAMPEÃO CARIOCA 2005 A 2010.
CAMPEÃO SULAMERICANO 2009
CAMPEÃO BRASILEIRO 2008 E 2009
TÉCNICO SELEÇÃO BRASILEIRA DE 2008 A 2009
TÉCNICO SELEÇÃO BRASILEIRA DE 2008
COORDENADOR TÉCNICO DE BASQUETE DO FLAMENGO.
ESTA NA CAMPANHA DO QUEBRA DO PRECONCEITO EPILEPSIA FAMILIARES AMIGOS E PACIENTES. 
ESTA APOIANDO ESTE GRUPO PARA DIVULGAR E INFORMAR MAIS ESTE ASSUNTO DOS PORTADORES.

 

 

Monarco da Portela,
Nasceu no bairro de Cavalcante, mais ainda criança foi mora no centro de Nova Iguaçu.
De linhagem nobre no samba, onde foi discípulo de Paulo da Portela, é músico com melodias apuradas, de letras de qualidades, Monarco figura entre os maiores sambistas.
E esta aqui no nosso grupo para ajudar a divulgar e informar este preconceito contra os portadores de epilepsia do Brasil.
O Grupo do quebra do preconceito agradece a vocês do samba MONARCO 

 

 

Ubirany,
Este é uma personalidade do samba, o príncipe do repique de mão.
Integrante do grupo fundo de quintal.
Ele vestiu a caminha para nossa campanha contra o preconceito para divulgar a questão da epilepsia no Brasil.
Que todas as personalidades de todos os ritimos entrem e vistam a nossa camisa para acabar com este preconceito.

 

 

LUIZ E ALESSANDRA

FUNCIONÁRIOS DA BIBLIOTECA DA FACULDADE SENAI/CETIQT

 

 

André apresenta "paralisia cerebral", tem 29 anos pratica atletismo e natação e já com mais de 70 medalhas das suas participações nos eventos esportivos.
Recentemente, participou com destaque da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro.Está se preparando para a Volta da Pampulha e para a Corrida de São Silvestre. Seu sonho é participar do Mundial no México.
André é um exemplo de superação e determinação. Um verdadeiro vencedor! e vestiu a camisas do nosso grupo e assinou vai divulgar e informar as pessoais sobre epilepsia. o Grupo te agradece André.

 

 

 

Evento organizado chamado FILA Nignt Run.
Estiveram reunidas muitas pessoais que praticam este tipo de modalidade, como não poderia deixar de ser, a camisa do grupo do quebra esteve presente para divulgá-la esta questão do preconceito com as pessoais portadoras de epilepsia.
Corremos esta etapa foi muito bom, meu amigo Rynaldo Rosa professor de informática e Maratonista Amador já tem várias medalhas. Entre elas Meia maratona do Rio, São Silvestre e outras mais. Seu filho Matheus estudante e atleta de Voleibol.
 

 

 

DR. EDUARDO DE SÁ CAMPELLO FAVERET ESPECIALISTA EM EPILEPSIA.

HOSPITAL DA LAGOA RODRIGUES DE FREITAS - RJ

 

 

Dr.Isabela D. Andreia especialista e pesquisadora do Hospital da UFRJ - Fundão do Rio de janeiro entrou na nossa campanha de divulgação e vai entra no nosso grupo do quebra do preconceito.
Agradecemos suas palavras de força e esperança na divulgação da Epilepsia no Brasil. Sua palestra foi maravilhosa.
Agradecemos todos o esforço da Abe-rio e a LBP para fazer este evento sobre Epilepsia.

 

 

 

Gabriela Aragão uma Guerreira responsável pelo (LAIM).
Laboratório de Avaliação e intervenção Motora.
O grupo tem você com maior carinho porque é uma vencedora.
E todos nos sabemos sua luta com seu filho Gabriel, que puxou a mãe é um guerreiro um exemplo para todos nós.
Agradecemos-te por vestir nossa camisa para divulgar e informar mais a Epilepsia. 
Você é um exemplo de dedicação. 
E esteve também no evento no Rio da abe-rio e LBE no domingo dia 29/04/2012.

 

 

A nossa representante do grupo do quebra do preconceito.
Suas pergunta sempre muito boas para os especialistas da mesa dos palestrantes.
Esta Eliana Santos é a cara do nosso grupo guerreira inteligente e bem informada. 
Em relação ou tudo sobre Epilepsia e medicamentos, que esta faltando no mercado das farmacias do Governo.
O grupo te agradece por tudo e vamos a luta.

 

 

 

Mais uma grande conquista do grupo do QUEBRA DO PRECONCEITO. O presidente Almir Barros Barreto da AES - Associação Dos Empregados do SENAI do Rio de Janeiro vestiu a nossa camisa e apoia esta campanha, sua secretária Edna Lopes ficou feliz por estar também conosco neste movimento de informação e divulgação. Tenho certeza que fechamos uma parceira com todos os associados do SENAI para isto crescer e acabar com o preconceito. 
O grupo do Quebra do preconceito agradece a todos os funcionários e associados da AES do SENAI.

 

 

 

 

O GRUPO DO QUEBRA DO PRECONCEITO FAMILIARES AMIGOS E PACIENTES AGRADECE A TODA A EQUIPE DO DCE DIRETORIO CENTRAL ESTUDANTIL DA FACULDADE SENAI/CETIQT. QUE APOIAM ESTA CAMPANHA CONTRA O PRECONCEITO SOBRE OS PORTADORES DE EPILEPSIA NO BRASIL E NO MUNDO.
No Brasil existe cerca de um milhão e meio de pessoais portadoras de epilepsia e 50 milhões no mundo. Já existem catalogados 120 tipos de Epilepsia. E as mídias nada falam sobre este assunto.
Convidou a todos os diretórios acadêmicos do Brasil para entrarem nesta campanha contra todos os diversos tipos de preconceitos e discriminação.

 

Equipe do restaurante do SENAI/CETIQT - RJ

 

 

Central de atendimento do SENAI/CETIQT - RJ

Zilda e Carmelita

 

Central de atendimento do SENAI/CETIQT - RJ

Ana Célia e Marcia Roque

Beatriz,Lucia e Daniel estamos na campanha.  

 

ESTA É  A NOVA CAMISA DA CAMPANHA DE DIVULGAÇÃO DA EPILEPSIA

 

 

 

 

Organizadores do evento ABE-RIO E LBE-RIO e nosso GRUPO DO QUEBRA DO PRECONCEITO presente.

   

 

 

 

 

 

 

 

 

1º Reunião do GRUPO DO QUEBRA DO PRECONCEITO com ABE-RIO na CASA DE DAVI  

 

O GRUPO QUEBRA DO PRECONCEITO EPILEPSIA FAMILIARES AMIGOS E PACIENTES E ABE-RIO COM A PRESIDENTE DEISY CALÁBRIA AGRADECE AO PRESIDENTE RONALDO GONÇALVES OLIVEIRA QUE ABRIU ESTA BELISSIMA CASA DE DAVI PARA UMA REUNIÃO QUE TIVEMOS HOJE 23/03/2012. FOI UMA REUNIÃO QUE FOI MUITO BOM PARA TODOS QUE PRECISAMOS DE UM APOIO MAIS ESPECIALISADO EM RELAÇÃO AS LEIS,MÉDICOS EVENTOS,PALESTRAS,CONGRESSOS, DIVULGAÇÃO E INFORMAÇÃO EM TODAS AS MÍDIAS NO ASSUNTOS LIGADO A EPILEPSIA.

 

 

Organizadores do GRUPO DO QUEBRA DO PRECONCEITO EPILEPSIA: FAMILIARES, AMIGOS E PACIENTES  

 

ANDERSON SUA MÃE ELIANA E ALEXANDRE

 

 

Eventos e campanhas em outras capitais do Brasil:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eventos e campanhas Internacionais:

 

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

 

 

Um aluno com epilepsia grave transferido para a Escola de Kimberley desde a escola primária em 2010. Um plano de transferência total foi realizada. Pessoal da escola fez visitas a escola primária do aluno para conhecê-la e começar aformar uma relação positiva com ela e seus pais.


Um plano de saúde individual foi posto em prática antes que ela começou na Escola de Kimberley. Há também um alerta médico físico no local, que defineque tipo de apoio o aluno precisa eo que fazer se ela tem uma convulsão. Umperfil do aluno (ou plano educativo individual) é revisto duas vezes por ano e enviado para o pessoalUm relatório de incidente médica foi concluída depois de cada ataque.

Assistentes de ensino receberam treinamento detalhadas sobre comoadministrar a medicação de emergência. Todos os funcionários da escolareceberam treinamento epilepsia a partir de uma enfermeira epilepsia. O treinamento é regularmente revisto e pessoal relevante estão actualizados.

A escola também trabalha com agências externas para apoiar o aluno comepilepsia. Estes incluem um pediatra, enfermeira da comunidadefisioterapeuta,médico e terapeuta ocupacional.
Ela tem uma chave trabalhador que coordena o treinamento, se comunica com os pais e funcionários, monitora medicação na escola e apoia-la na sala de aula.

Ela tem tempo extra nos exames para ajudar a reduzir seus níveis de estresse eum-para-um bate-papo com o seu trabalhador chave ajudá-la a priorizar seu trabalho. Ela participa de todos os aspectos das actividades curriculares e escolares. Ela vai em todas as viagens escolares e recentemente teve um dia de viagem a Londres. - Escola de Kimberley em.
 
 
 

  

 

Com TeenAdvocates ForEpilepsy in La Jolla Cove, Ca

 

Oakfield colégio e na faculdade se orgulha em oferecer um grande sucesso, ambiente seguro, inclusiva e solidária de aprendizagem para todos os alunos e funcionários. Oakfield tem um programa completo de suporte para os alunos e trabalha em estreita colaboração com outras escolas e agências externas. Oakfield tem várias políticas e procedimentos para apoiar os alunos com epilepsia e outras condições médicas. Estes incluem uma política de cuidados íntimos e uma política médica. A política médica reconhece a importância da capacitação permanente de pessoal para apoiar os alunos com epilepsia. Enfermeiros especializados epilepsia fornecer treinamento anual sobre epilepsia e administração de medicamentos para Oakfield pessoal. Todos os alunos com epilepsia têm um plano de saúde individual e avaliação de risco. Planos são revistos anualmente, em consulta com o aluno e seus pais ou cuidadores. As crianças enfermeira especialista em epilepsia local analisa todos os planos e aconselha sobre quaisquer novas orientações. Crises diárias são mantidas para todos os alunos com epilepsia. A escola regularmente se comunica com os pais / encarregados de educação para atualizá-los sobre sinais e sintomas e oferecer apoio, aconselhamento e orientação. A escola também atualiza os pais sobre questões de história e de atividades de apreensão antes de compromissos com o consultor de epilepsia. Oakfield adoptou uma abordagem multi-agências e várias pessoas estão envolvidas no apoio ao aluno com epilepsia. Estes incluem enfermeiros comunitários, enfermeiros especializados de epilepsia, uma assistente social e uma terapeuta da fala e linguagem. Ajustes são feitos para apoiar os alunos individuais. Por exemplo, um estudante que perdeu escola ou faculdade, devido à sua epilepsia pode ser oferecido um retorno gradual para Oakfield. Epilepsia não é uma barreira à inclusão no Oakfield e alunos com epilepsia estão totalmente envolvidos em todos os aspectos da vida escolar e universitária.

 

 

Fãs da NFL e SUPORTES consciência da epilepsia! Nossa missão é exceder 3.000.000 seguidores! Para os 3 milhões de doentes de epilepsia aqui mesmo nos Estados Unidos! Ajude-nos a obter apoio através da partilha da página e clicar em + e 10 GOSTA Mensagens por dia! Isso fará com que os fãs da nossa página! - Com Anjo Campfield Jones.

 

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

 

Dois grandes lendas Billy Slater & Joffa

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

Você 'LIKE' nossa foto da capa de novo?

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

 

 

 

A equipe de 2011!

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Um dos alunos da escola Crossdale Unidade primária tem síndrome fetal valproato e epilepsia. Os funcionários da escola estavam cientes disso antes de o aluno ingressou na escola. Funcionários colocar em prática um programa abrangente de apoio. O aluno tem ajuda extra de assistentes de ensino, financiadas pela escola. O aluno tem um plano educativo individual, com as revisões periódicas e de entrada de profissionais de saúde. Ele foi diagnosticado com epilepsia quando ele tinha oito anos. Um plano de saúde individual foi imediatamente por escrito, em consulta com um especialista em epilepsia e enfermeiros da escola. Todo o pessoal tinha revisto formação em primeiros socorros após o diagnóstico do aluno e seu assistente foi dada uma especial pediatria curso de primeiros socorros. Todos os funcionários foram informados sobre a sua medicação, a sua efeitos colaterais eo impacto das crises na sua aprendizagem. Seus amigos também receberam uma assembléia para dizer-lhes sobre a epilepsia e para responder a quaisquer perguntas. A escola adota uma atitude muito "pode ​​fazer" à epilepsia. O aluno com epilepsia tem sido em duas visitas residenciais com a escola e é devido a tomar parte em outra. Ele tem sido dada a oportunidade de participar em todas as actividades desportivas e produções escolares. Os funcionários da escola manter uma atitude muito carinho e dar ao aluno com epilepsia um bom nível de auto-responsabilidade enquanto ser solidário quando eles precisam ser. A comunicação entre a escola e os pais é muito forte. A escola sempre consultados os pais do aluno em tudo o que afeta sua classe para que eles possam ter a entrada desde o início.

 

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

Os fundos arrecadados para a caminhada permite a Epilepsy Foundation of Indiana para fornecer programas, literatura, educação e advocacia para Hoosiers afetadas pela epilepsia e apreensão.Faça planos para trazer seus amigos, familiares e até mesmo o seu cão para se juntar a nós para a caminhada de 5K LivRite Executar beneficiando da Fundação Epilepsia de Caminhada Indiana em 09 de junho de 2012! A caminhada será realizada no Parque Shadyside em Anderson, Indiana

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

Run Matty Anual da 10 ª 5k / Caminhada e Dash Poderoso Matty para epilepsia!

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

Ajude-nos a celebrar 30 º aniversário da Grande Baton Rouge Business Report, através de nossa parceria na década de 30 para 30 para 30 campanha! De agora até 30 de junho a Baton Rouge Business Report doará US $ 30 para a Fundação de Epilepsia da Louisiana para cada assinatura de 1 ano, que é comprado com o nosso código promocional, ELFA em MAIÚSCULAS! Você pode encontrar-nos no www.businessreport.com / secção / ELFA. Vamos começar se inscrever e ajudar a angariar dinheiro para as pessoas com epilepsia!

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/c0.0.403.403/p403x403/554275_461526547206580_500875674_n.jpg

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

Clique no botão LIKE e compartilhar essa foto em apoio de epilepsia! :)

 

 

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

 

Discussão: são diretrizes baseadas em evidências úteis no tratamento da epilepsia (webcast palestra gratuita)?

 

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.

 

 

Por favor, compartilhe e difundir os fatos sobre a epilepsia.